Extraído do Diário de São Paulo, edição de 19 de janeiro de 1866.

Trecho de uma conversa a bordo do navio Apa, entre alguns jovens e

um suspirava pelo nosso bairro.

dialogo sobre cuscus do pari