Pular para o conteúdo principal

Fw: CHINA JÁ ESTA AÍ!

 





 

.ExternalClass .ecxhmmessage P {padding-bottom:0px;padding-left:0px;padding-right:0px;padding-top:0px;} .ExternalClass BODY.ecxhmmessage {font-family:Tahoma;font-size:10pt;}
 

Para quem tem filhos ..... PENSEM NELES .......

 

 

Em algum filme no futuro, mostrarão um grupo de chineses dirigindo-se à Casa Branca e pedindo a chave ao presidente e dizendo: "Cai fora gaiato, isso tudo agora é nosso".

O nome do filme sera "The take over"

 

 


UAU!!! TEM UMA LÓGICA IRREFUTÁVEL. É SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO

 

Quem nos fez "progredir" paulatinamente poderá nos "nocautear" em um só golpe.

Tudo uma questão de tempo.

 

 

 

 

 

   A China do Futuro e o Futuro é Hoje...   

A  verdade é que agora, tudo o que compramos é Made in China.
 .......Eis um aviso para o futuro!  Mas quem liga para esse aviso?
 Atualmente ....Ninguém !
 Agora é só ....aproveitar E APROVEITAR ...!
 E depois
como será para os nossos filhos ?
 
 
JÁ PENSOU COMO FICARÁ A CHINA DO FUTURO?
 
 por Luciano Pires Luciano Pires é diretor de marketing da Dana e profissional de comunicação Alguns conhecidos voltaram da China impressionados.

 

Um determinado produto que o Brasil fabrica em um milhão de unidades, uma só fábrica chinesa produz quarenta milhões... A qualidade já é equivalente. E a velocidade de reação é  impressionante.
 Os chineses colocam qualquer produto no mercado em questão de semanas...
 Com preços que são uma fração dos praticados aqui.
  Uma das fábricas está de mudança para o interior, pois os salários da região onde está instalada estão altos demais: 100 dólares.
 Um operário brasileiro equivalente ganha 300 dólares no mínimo que acrescidos de impostos e benefícios representam quase 600 dólares.
 Quando comparados com os 100 dólares dos chineses, que recebem praticamente zero benefícios.... estamos perante uma escravatura amarela e alimentando-a...
 
 Horas extraordinárias? Na
China...? Esqueça !!!
 O pessoal por lá é tão agradecido por ter um emprego que trabalha horas extras sabendo que não vão receber nada  por isso...
 
 Atrás dessa "postura" está a grande armadilha chinesa.


 Não se trata de uma estratégia comercial, mas sim de uma estratégia " poder" para ganhar o mercado ocidental .
 
 Os chineses estão tirando proveito da atitude dos 'marqueteiros' ocidentais, que preferem terceirizar a produção ficando apenas com o que ela "agrega de valor": a marca.
 
 Dificilmente você adquire atualmente nas grandes redes comerciais dos Estados Unidos da América um produto "made in
USA". É tudo "made in China", com rótulo estadunidense.
 
 As Empresas ganham rios de dinheiro comprando dos chineses por centavos e vendendo por centenas de dólares...
 Apenas lhes interessa o lucro imediato e a qualquer preço. Mesmo ao custo do fechamento das suas fábricas e do brutal desemprego. É o que pode-se chamar de "estratégia preçonhenta".
 
 Enquanto os ocidentais terceirizam as táticas e ganham no curto prazo, a
China assimila essas táticas, cria unidades produtivas de alta performance, para dominar no longo prazo.
 
 Enquanto as grandes potências mercadológicas que ficam com as marcas, com os designes...suas grifes, os chineses estão ficando com a produção, assistindo estimulando e contribuindo para o desmantelamento dos já poucos parques industriais ocidentais.
 
 Em breve, por exemplo, já não haverá mais fábricas de tênis ou de calçados pelo mundo ocidental. Só haverá na
China.
 
 Então, num futuro próximo veremos os produtos chineses aumentando os seus preços, produzindo um "choque da manufatura",
como aconteceu com o choque petrolífero nos anos setenta. Aí já será tarde demais. Então o mundo perceberá que reerguer as suas fábricas terá um custo proibitivo e irá render-se ao poderio chinês.
 
 Perceberá que alimentou um enorme dragão e acabou refém do mesmo.
 Dragão este  que aumentará gradativamente seus  preços, já que será ele  será quem ditará as novas leis de mercado pois será quem manda  pois terá o monopólio  da produção .
 
 Sendo ela e apenas ela quem possuirá as fábricas, inventários e empregos é quem vai regular os mercados e não os "preçonhentos".
 
 Iremos, nós e os nossos filhos,netos... assistir a uma inversão das regras do jogo atual que terão nas economias ocidentais o impacto de uma bomba atômica... chinesa.
 
 Nessa altura em que o mundo ocidental  acordar será muito tarde.
 
 Nesse dia, os executivos "preçonhentos" olharão tristemente para os esqueletos das suas antigas fábricas, para os técnicos aposentados jogando boliche no clube da esquina, e chorarão sobre as sucatas dos seus parques fabris desmontados.
 
 E então lembrarão, com muitas saudades, do tempo em que ganharam dinheiro comprando "balatinho dos esclavos" chineses, vendendo caro suas "marcas- grifes "aos seus conterrâneos.
 
 E então, entristecidos, abrirão suas "marmitas" e almoçarão as suas marcas que já deixaram de ser moda e, por isso, deixaram de ser poderosas pois foram todas copiadas....
 
 
REFLITAM E COMEÇEM A COMPRAR - JÁ -  OS PRODUTOS DE FABRICAÇÃO NACIONAL, FOMENTANDO O EMPREGO EM SEU PAÍS, PELA SOBREVIVENCIA DO SEU AMIGO, DO SEU VIZINHO E ATÉ MESMO DA SUA PRÓPRIA... E DE SEUS DESCENDENTES 

 

 


 

 

 

 

 

 



 




Comentários

Jayme disse…
Análise nua e crua da realidade mundial. O que o nosso governo faz para acabar com isso? ou pelo menos minimizar? nada. Leis trabalhistas paternalistas, impostos extorsivos,
a mídia é incentivada a tachar o empresário de corrupto, valorização excessiva do real , tudo isso tornando a nossa indústria sem poder de concorrer. O emprego se verifica só no setor de serviços praticamente.Desindustrialização total em todos os campos. A balança comercial do Brasil se verifica superavitária devido a exportação de matéria prima, não conseguimos exportar nada que tenha algum valor agregado, por falta de poder de concorrencia no mercado mundial.
Assino embaixo, caro Wagner.
Jayme Ramos do blog:
historiasdopari.wordpress.com
marsax disse…
A china pode dar dor de cabeça à muitas fabricas no mundo mas lembre-se que há outros fatores que impedem um domínio da produção de manufatura. Eu não sou especialista nesse assunto mas é possível ver vários aspectos que mostram a incoerência desse texto, observe:

- Materia prima: a china importa do resto do mundo grande parte.

- Logistica: a maiores empresas de logísticas do mundo não são chinesas, acredito que são européias e americanas (pelos conteiners que vejo no porto de Santos)

- Agua/Alimentos: essa é uma briga boa que vai ditar as regras de sobrevivência no futuro. A china e a Europa estão fora da disputa.

- Energia elétrica: a china não comporta a demanda de uso de produtos eletroeletrônicos como Japão e EUA.

- Combustíveis renováveis: a china e o resto do mundo esta muito longe de dominar uma matriz energética sustentável que substitua as atuais, fosseis/poluentes/degenerativas

Isso é o que eu acho...

marsaxbr

Postagens mais visitadas deste blog

[New post] Reunião do Conseg

New post on Conseg dos Bairros do Pari/Brás/Ponte Pequena/Canindé Reunião do Conseg by consegpari Amanhã dia 24/11/2011 acontecerá nossa reunião mensal. Local- Faculdade Cantareira End- Rua Marcos Arruda,729 Horário- às 20:00 horas Venha para a nossa reunião pois se não mudarmos o que fazemos hoje,todos os amanhãs serão iguais a ontém. E só

ENTREVISTA COM JORNALISTA MILTON GEORGE THAME - 27/02/09

Assista à entrevista com o saudoso jornalista Milton George Thame, concedida ao Padre Enivaldo Santos do Vale na TV Bem Brasil, programa "Para o Mundo Ficar Belo", em 27 de fevereiro de 2009. Fonte : WebTV E5

Restauração 2023

       Os ovos de Páscoa já foram abertos. Agora aqueles anunciantes abrirão os olhos para o nosso blog para poder anunciar para as 110.393 visualizações. Aqui seus imóveis e seus produtos serão inseridos no mercado. Colaboradores  Wagner Wilson MTB  73.924SP Luiz Fernando Elaur Zanes MTB 00608796SP   Desenhos de    Wagner Wilson . Nosso  mapa  em constante crescimento...      Visualizar  O Mapinha do Pari  em um mapa maior Produzido por Wilson Gestão Empresarial Fonte :  O Mapinha Veja também o Mapa do Pari no   Google Earth Saiba mais em  Valor Econõmico Diariamente, a Subprefeitura disponibiliza em seus canais na internet informações sobre  sua atuação: Site:  https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/mooca/ ou nas redes sociais: Instagram:  https://www.instagram.com/subprefeituramooca/ Facebook:  https://pt-br.facebook.com/subprefeituramooca ***********************************************************   Visite  Histórias do Pari  por Jayme Ramos Prestigíe e