Publicidade

Ultimas noticias

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Bairro do Pari - 432 anos


O Pari comemora hoje, 432 anos.

Uma foto do bairro nos anos 1960. Destaque para a paróquia Santo Antônio do Pari e a fábrica Confiança.

Perfil



Distrito com comércio especializado em doces, plásticos e confecção. É um bairro misto, com predominância de estabelecimentos industriais e comerciais. Possui boa infra-estrutura. Tem uma Universidade, a São Francisco do Pari, que fica na Rua Hanneman.




Histórico



O bairro do Pari, com mais de 400 anos, tem uma história interessante a respeito do seu nome: os peixes vendidos no centro da então vila de São Paulo eram pescados principalmente nos rios Tietê e Tamanduateí. Tais rios possuíam na época lugares piscosos e próprios para a instalação de “paris”. Pari era uma cerca de taquara ou de cipó, estendida de margem a margem para pescar peixes (o instrumento veio a dar nome ao bairro).

Com um comércio intenso e muitas indústrias, o Pari é conhecido como o “bairro doce” de São Paulo desde o século XX, em razão do grande número de atacadistas e indústrias de doces na região. Localizado a cerca de quilômetros da região central, e apesar de ter apenas 2,75 quilômetros quadrados, suas ruas são largas, todas asfaltadas e algumas exibem farta vegetação. Além disso, não há falta de infra- estrutura, como iluminação e redes de água e esgoto.




Correios e Telégrafos

R: Dr. Ornelas, 247 – Pari




Delegacia de Polícia

R: Rio Bonito, 950 – Pari




Bairros existentes do distrito Pari

- Canindé

- Pari



Dados



Aniversário : 09/11

Area : 2,9 km²

População : 14.824

Nº de ruas : 186 (c/Brás)

Ruas de comércio : R. Rio Bonito, Av. Carlos de Campos, R. Silva Teles, R. Vautier

Características : Bairro com muitos descendentes de portugueses, coreanos e palestinos. Possui comércio especializado de doces, plásticos e confecções





Homenagem ao aniversário do Pari que dia 9 de novembro quando completou 429 anos.

Hino do Pari

Pari das velhas calçadas
Das noites ensolaradas
Crianças em algazarra
Pagodes e batucadas.
Pari do Tamanduatei
Das pombas e bentevís
És pequeno acolhedor,
Suas culturas se cruzam
Com o Santo Protetor.
Pari,Pari, Pari,
Canto doce que eu nasci.
Pari, Pari, Pari
Das histórias que eu ouvi.
Salve o Sol,
Salve a lua
Do nosso querido Pari.
Pari do aposentado
Da ordem e do progresso
É a estrela escondida
Brilhando no Universo.
Pari, uma cigana um dia
Seus versos veio cantar
somos um, somos família
Em volta do mesmo altar.
Pari, Pari, Pari
Canto doce que eu nasci,
Pari, Pari, Pari
Das histórias que eu vivi.
Pari, Pari, Pari
Sou feliz...
Por ser daqui.
autoria : :Marlêne Capéla Wilson
Registrado.: 27 de novembro de 2007
Musica : Wagner Wilson e Frank Wilson

Nenhum comentário: