GRAZIELLA DI MAINE  CHRISTOPHARO

Jayme Antonio Ramos

Uma líder, uma pessoa de grande visão, uma empreendedora.

Falo de uma senhora, italiana, mas que muito jovem veio para o Brasil com sua família, onde com mais tarde com seu esposo Camillo, construiu um verdadeiro império.

Na foto que foi enviada pela Thereza Pillon, que é membro da família e claro  de uma família tradicional no bairro, os Pillon, grandes pioneiros no ramo de carrocerias e que muito progresso trouxeram para o Pari, como dizia vemos a família de dona Graziella.

FAMÍLIA DI MAINE – Todos nascidos no sul da Itália e vindos para o Brasil por volta de 1890. Da esquerda para a direita: Margarida Di Maine, Domenico Di Maine, CHATARINA DI GRAZIA E FIDELE DI MAINE (bizavós de Camillo Christofaro do lado paterno), Concheta Di Maine (minha tataravó) e Francisco Di Maine. Esta faltando nesta foto GRAZIELLA DI MAINE CRISTOFARO (avó paterna), que estava de "resguardo" de PASCHOAL CHRISTOFARO. Que na década de 20, se casaria com ESPERANÇA LANDI e nasceria nosso querido CAMILLO CHRISTOFARO. ( Palavras da Thereza Pillon ).

Vemos na foto os pais de dona Graziella, portanto é uma foto histórica .

O amor de dona Graziella ao bairro era tanto, que eu lembro, não sei se por coincidência ou não , o carro funerário na hora que iria sair o enterro da casa dela, onde fora realizado o velório, conforme o costume até então vigente, encrencou, sendo necessário se providenciar um outro.

Nossas homenagens à família Christopharo, da qual guardo desde a minha infância , ótimas lembranças, dado o respeito  e até o carinho que sempre dispensaram a mim e aos meus familiares.

Tenho boas lembranças de todos os filhos de dona Graziella, mas em particular da dona Elvira, do sr. Natalino, do sr. Luiz, de dona Catarina, do sr. João "Alemão ", do sr. Romeu, de dona Inês, do sr. Simão,

de dona Júlia, enfim , de todos mesmo, exceção do Paschoal que não conheci e que faleceu prematuramente.

O Pari deve muito aos Chistopharo.