Palavras Válidas ou Palavras Em Vão?

Eu sou educado e inteligente - e você?

***Tudo poderia ser bem diferente. Acredito que o ajeitamento na Educação não é tão difícil como muitos que se julgam com o dom da palavra, adoram tagarelar. Isso de péssima Educação já vem de tempos idos, desde Cabral.
***Essas mudanças digamos, é como colocar uma carroceria 2010 em um carro com todo o restante de 1970. Por fora tudo bonito, mas não funciona, não tem força, enferruja e quebra logo, ninguém liga mais e torna-se esquecido e supérfluo. Assim está a nossa Educação com relação ao governo e todos os políticos de um modo geral - uma coisa supérflua.
***Do 1º ao 5º ano alfabetização e coisas rotineiras onde apenas um professor ensina. Mas tudo mudou e os professores não se capacitaram e já estão em idade de aposentadoria - e faltam incentivos também. Os mais novos, vendo a bagunça que é a Educação, não se sentem incentivados e nem dispostos a se atualizarem, pois tudo é bagunça e não vale nada mesmo, aliás, o nada está valendo tudo e o tudo, não vale nada. Parece um samba do crioulo doido. Todos dançam, mas nem sabem qual a música.
***Do 6º ao 9º ano, matérias mais atuais e importantes, com vários professores, mas a base, os anos anteriores não dão fundamentos para essa sequencia.
***Sem os conhecimentos do Fundamental, como se sair bem no ensino Médio? Voltando aos professores: tudo mudou, muitas coisas surgiram, novos acontecimentos e informações, mas esses cursos continuam desatualizados. O mesmo acontecendo com os professores, obviamente. Não tem como o aluno aprender, pois igualmente, não tem como os professores ensinarem. Houve uma perda de respeito tanto por parte dos alunos quanto dos professores. Uns fingem que ensinam e outros fingem que aprendem e assim vai a vida e a deseducação.
***E ai, com os Enem's da vida, todos já deveriam ter percebido que o Fundamental e o Médio são pobres em ensinamentos, em didática, em responsabilidades e respeito. E os alunos não dão valor em algo totalmente depreciado. Uma incongruência: alunos ruins e fracos falando mal de cursos e professores idem.
***Provavelmente as matérias devem ser as indicadas, apesar de eu sempre achar que o currículo escolar enfraqueceu desesperadamente. Mas uma coisa sempre puxa a outra e torna-se uma bola de neve. Quanto mais rola, maior ela fica. Professores desmoralizados, ganhando pouco, sem capacitações adequadas, quase todos em idade da tal de aposentadoria, cansados, sem vontade, sempre com algum problema de doença, alunos que não estão nem ai para aprender e pensar na vida. Não existe mais repetência, o aluno estude ou não, saiba ou não, passa de ano e assim caminha a humanidade.
***O grande problema de todos os governos é tambem colocar o mecânico para tomar conta da Santa Casa. Colocar um médico como responsável pelos transportes ou um pedreiro para administrar a Educação. Nem tanto os políticos são culpados ou responsáveis por toda essa barbaridade, mas nós, todos nós temos a nossa culpa. E a Educação está assim por que votamos errados e não somos capazes de cobrar o que prometeram ou então, o que é obrigação de todos eles. Nós colocamos pessoas erradas nos lugares errados por absoluta falta de competência e sensibilidade, nao pensamos no futuro, apenas no presente e nos deixamos levar por churrascos, cervejas, pingas e camisetas.
***E estamos acostumados (burro não aprende, acostuma) a falar mal dos governos, mas eu acredito que se fossemos um povo esclarecido, mais inteligente, mais sensível, com percepções, nem precisaria serem extrasensoriais, apenas um conhecimento do bem e do mal, teríamos bons governos e bons políticos, bons administradores, boa Saúde e boa Educação, boa Segurança e o resto caminharia bem também. Mas temos muita culpa no cartório, somos ruins no pensamento, no que falamos e no que fazemos, infelizmente, então...
CC&E - c.cursini@terra.com.br - Não pense no futuro, pense no presente que o futuro vem calmamente e você nem perceberá! - 17/02/2011 -