pari visto da coroaFoto de 1930 do Arquivo do

Marcio Rogerio da Silva , onde vemos as lagoas do bairro da Coroa, que também eram chamadas de coroas,
dai o nome do bairro, hoje engolfado pela Vila Guilherme. De um lado e do outro do rio havia muita retirada
de areia do rio Tietê, retiradas pelos barqueiros e próximo ao rio surgiram muitas olarias, daí o nome da rua do nosso bairro e moravam muitos oleiros, nome primitivo da Virgílio do Nascimento, rua dos Oleiros.
Na foto do Márcio vemos ao fundo a Igreja de Santo Antonio do Pari. Pela localização o trecho que mostra a foto hoje deve ser o Terminal Rodoviário Tietê.