***A homeopatia foi criada no fim do século 18 por Samuel Hahnemann, alemão doutorado em medicina e profundo conhecedor de química e mineralogia, como alternativa aos métodos de cura usados na época, todos bastante agressivos.

***Como o próprio nome diz, a homeopatia (do grego homoios, "semelhante", mais pathos, "sofrimento") oferece aos pacientes remédios feitos com substâncias que provocam sintomas parecidos com os da doença. Em alguns casos, esses sinais até se agravam antes de começar a desaparecer – afinal, o objetivo é fazer com que o organismo reaja, crie anticorpos e se torne mais saudável. 

***Daí por que a homeopatia não se propõe só a combater os efeitos das moléstias. A missão é equilibrar a vida do indivíduo por inteiro. Quem se trata segundo essa prática toma os medicamentos quase todo o tempo, justamente para não ficar doente. A premissa é que todo ser possui uma chama ou energia vital que o mantém vivo e que no corpo doente essa energia está desequilibrada. "Os remédios, feitos à base de minerais, vegetais e até venenos de animais, são diluídos em até 100 partes de álcool", explica Felix Barbosa de Almeida, ex-presidente da Associação Paulista de Homeopatia. "Quanto mais diluído, mais funcional e prolongado é seu efeito." No Brasil, a homeopatia foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina em 1980.
vidasimples.abril
Tempos atrás tinha um programa radiofônico, na Record me parece, do Zé Bétio - um cara que se fazia caipira e convidava às suas ouvintes, talvez mulheres acima dos 50, pra que comparecem aos bailes do Zé Bétio, pois lá tinha homepatia. Um pouco diferente de homeopatia. - C&C - E&P
Cláudio Cursini
historiasdopari.wordpress.com