Eduardo Martellottajoao teodoro

 

No último dia 31 de outubro, foram completados 136 anos do falecimento de João Teodoro Xavier de Matos, que dá nome a uma das mais importantes ruas da região Brás/Pari.

João Teodoro nasceu em Mogi Mirim a 1º de maio de 1828, formou-se em Direito, e foi presidente da província de São Paulo, de 21 de dezembro de 1872 a 30 de maio de 1875, durante o período imperial, e promoveu importantes reformas no traçado urbano da cidade de São Paulo.

Foi também promotor público e procurador da Tesouraria da Fazenda. João Teodoro faleceu em São Paulo a 31 de outubro de 1878.

Grifes famosas, lingerie e manequins

A denominação desta rua foi sugerida no dia 14 de janeiro de 1875 (antes do seu falecimento) pelo então presidente da Câmara Municipal, Dr. Ernesto Mariano da Silva Ramos.

A rua começa na esquina com a av. Tiradentes, no bairro da Luz, cruza a avenida do Estado, chega ao Pari e passa por esquinas famosas do Brás, como Barão de Ladário, Miller, Maria Marcolina e Silva Teles – aqui o seu término, onde está a Praça República da Coreia.

Na João Teodoro, estão a Polícia Militar (CSM/Subs), Batalhão da Rota (Tobias de Aguiar), o Liceu de Artes e Ofícios, shoppings, importantes lojas de manequins, de grifes famosas e de lingerie.