Matéria extraída do jornal "A Tribuna " mostra que Pari ultrapassou o Bairro do Limão e Vila Brasilândia,

na incidência de dengue na capital. Com a palavra os políticos que só procuram o bairro antes das eleições,

o que vocês propuseram na Câmara Municipal , para cessar essa epidemia, quais são os projetos de

combate a dengue, parem de pensar em taxas , em saquinhos de lixo pagos, em dar nomes de ruas a fulano

ou beltrano, tratem de agir , sejam mais contundentes, pressionem o Prefeito que é outro , que fica no

mundo das bikes e não combate essa praga de maneira mais incisiva , mais dura, invadir casas , empresas

se preciso for e é, leiam a biografia do Dr. Oswaldo Cruz e do Pref. Pereira Passos e do Presid. Rodrigues

Alves e inspirem-se neles, Mexam-se !!!!!

Número de casos de dengue aumenta e bairro de São Paulo já tem epidemia

Prefeitura deverá instalar mais três "tendas da dengue" na capital na próxima semana

DA ESTADÃO CONTEÚDO

O bairro do Pari, na região central de São Paulo, lidera em incidência de casos da dengue na capital, já apresentando índice de epidemia. A cidade de São Paulo registrou neste ano 8.063 casos de dengue em 12 semanas, avanço de 153% em relação ao ano passado, quando foram registrados 3.183 casos.

A Prefeitura deverá instalar mais três "tendas da dengue" na capital na próxima semana, duas na zona norte e uma na zona sul.

Uma doença é considerada epidemia quando tem uma incidência superior a 300 casos por 100 mil habitantes. O Pari registra 341 3 para 100 mil, enquanto o Limão aparece em segundo lugar, com 294,6 por 100 mil. Em relação ao boletim divulgado no dia 27, houve um acréscimo de 3.627 casos - 10 por hora. Nas dez primeiras semanas, porém, o avanço em relação ao ano passado era maior, de 214%.