Pular para o conteúdo principal

Camelôs voltam a protestar nas ruas do Brás nesta quinta-feira

No trajeto, manifestação chegou a bloquear trecho da Avenida do Estado.
Ambulantes ordenaram o fechamento de lojas durante passeata.



Camelôs da região da Feira da Madrugada, no Brás, no Centro de São Paulo, realizavam pelo terceiro dia consecutivo protestos nas ruas do bairro nesta quinta-feira (27). Uma nova passeata teve início por volta das 8h. Às 8h40, os manifestantes chegavam à Rua São Caetano. No trajeto, eles chegaram a interditar pelo menos uma faixa da Avenida do Estado. A manifestação era pacífica e era acompanhada pela Polícia Militar. Os ambulantes foram proibidos de montar suas barracas durante a madrugada nas ruas desde segunda-feira (24) e querem voltar a poder trabalhar.


Antes da passeata desta manhã chegar à Rua São Caetano, a maioria das lojas estavam abertas, ao contrário dos outros dias. Entretanto, durante a passeata os camelôs ordenaram aos comerciantes que fechassem seus estabelecimentos.
Segundo o tenente coronel Benjamim Francisco Neto, comandante do 7º Batalhão, a PM qualificou 15 pessoas por "obstrução ao trabalho". O boletim de ocorrência registrado peloa própria PM será encaminhado à Polícia Civil para a abertura de inquérito. Ninguém foi detido. "Nós estamos com efetivo para garantir o trabalho, mas os próprios lojistas têm temor de represálias futuras", afirmou Neto.
Mais cedo, a Tropa de Choque da PM fez bloqueios nas ruas do Brás. Durante a madrugada, camelôs se reuniram e pretendiam impedir que os vendedores que têm autorização para trabalhar no Pátio do Pari, onde funciona a Feira da Madrugada, entrassem no bolsão. A polícia frustrou o protesto, dispersando os manifestantes. Policiais da Rota e a cavalaria também estavam na região.


Madrugada
O Pátio do Pari ficou aberto durante toda a madrugada e consumidores puderam fazer suas compras normalmente, apenas passando por uma revista na entrada. Também havia muitas pessoas circulando nas ruas.
A presença da polícia ocorre para garantir que os manifestantes não voltem a bloquear a área e para que os comerciantes legalizados possam trabalhar normalmente. Nos últimos dias, lojistas foram obrigados a manter suas portas abaixadas durante a manhã e houve conflitos com a polícia.
Nesta quarta-feira (26), policiais usaram bombas de gás e balas de borracha em duas ocasiões para dispersar os manifestantes, quando os camelôs bloquearam totalmente vias de trânsito.

Fonte : http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/10/camelos-voltam-protestar-nas-ruas-do-bras-nesta-quarta-feira.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[New post] Reunião do Conseg

New post on Conseg dos Bairros do Pari/Brás/Ponte Pequena/Canindé Reunião do Conseg by consegpari Amanhã dia 24/11/2011 acontecerá nossa reunião mensal. Local- Faculdade Cantareira End- Rua Marcos Arruda,729 Horário- às 20:00 horas Venha para a nossa reunião pois se não mudarmos o que fazemos hoje,todos os amanhãs serão iguais a ontém. E só

[New post] Escola de Samba Colorado do Brás

New post on Conseg dos Bairros do Pari/Brás/Ponte Pequena/Canindé Escola de Samba Colorado do Brás by consegpari encontro de Presidentes : Leandro e Tania 19/11/2011 em uma noite super animada a nossa Escola de Samba comemorou 36 anos de história. E foi homenageada por várias outras Escolas de Samba entre elas: a vice-campeã do Rio de Janei

Fwd: [New post] Pari em destaque no Jornal do Brás

---------- Mensagem encaminhada ---------- De: "Histórias do Pari" < donotreply@wordpress.com > Data: 29 de novembro de 2011 23:45 Assunto: [New post] Pari em destaque no Jornal do Brás Para: falecom@bairrodopari.com New post on Histórias do Pari Pari em destaque no Jornal do Brás by historiasdopari PARI COMPLETA 431 ANOS Eduardo Cedeño Martellotta O Pari, conhecido como o bairro doce de São Paulo, completou 431 anos no último dia 9 de novembro. Infelizmente, poucas pessoas no bairro lembram dessa data. Responsável por abrigar numerosas fábricas e depósitos de doces no passa