Se o senhor não está lembrado , dá licença de contar, escreveu o bom João "Adoniram Barbosa "Rubinato.

E vou falar em poucas palavras da homenagem de nós parienses à nossa querida cidade de São Paulo.

Muitos a sujam , a roubam, a difamam, falam de que ela não tem o que comemorar.

Mas, quer saber ? não estou nem aí.

Amo a minha cidade , a defendo sempre, a homenageio sempre.

Se para o Caetano alguma coisa acontece quando ele cruza as avenidas,

para mim o coração bate mais forte no meu peito, quando volto de al-

guma viagem para a minha Piratininga.

O Pari tem sua história intimamente ligada à  da nossa cidade, o Tietê que o diga.

Neste dia , o que falar ? falar como Tom Zé , São ,São Paulo, meu amor ?

São Paulo, meu coração está batendo, São Paulo, o coração do Brasil ,como disse Chico Alves ?

Dizer que viraste um monstro bom para o meu coração , como compôs Frederico Salvo ?

O pessoal do Premê cantou que é sempre lindo andar na cidade de São Paulo e com sucesso, claro falou no Pari, lembram ?

Chora Menino, Freguesia do Ó, Carandiru, Mandaqui, ali
Vila Sônia, Vila Ema, Vila Alpina, Vila Carrão, Morumbi,
Pari .

O que faço , cantarei como esse pessoal e outros mais de cem compositores e milhares de poetas , com a dona Zica Bérgami que S. Paulo que era pequena mas grande demais ?

Sim , cantarei , como canto quando retorno a S. Paulo, que ela é da garoa e que é terra boa, como o Alvarenga e o Ranchinho cantaram um dia , http://letras.mus.br/alvarenga-ranchinho/417472/.

Cantarei Parabéns a você minha cidade querida, como o Danilo cantou ao

Pari e cantando ao Pari , canta para  S. Paulo quatrocentona.

Temos que homenageá-la , cantando ou falando ou escrevendo sobre a Piratininga eterna , com fez o visite s.paulo nesta linda postagem .

s.paulo 460

 

brasão da cidade de s. paulo