É fácil dizer nunca !

Nunca vou deixar.

Nunca vou fazer.

Nunca vou repetir.

Nunca vou perder.

Nunca vou esperar.

Nunca vou ofender.

Nunca vou romper.

Nunca vou responder.

Nunca vou escrever.

Nunca vou vingar.

Nunca vou telefonar.

Nunca vou xingar.

Nunca vou esquecer.

Prefiro nunca dizer "nunca ".

Prefiro nunca dizer "sempre".

Prefiro o tempo.

Ele sabe do "nunca "e do
" sempre ".

O tempo é soberano !

Melhor assim!