Claro que não poderíamos deixar passar em branco uma data tão excepcional os 100 anos do Palmeiras.

O Palestra de tantos parienses que conheci e conheço. São tantos os nomes que seria uma desfeita citar

os nomes de palestrinos do bairro.

Todos os sábados ali na praça em frente ao Pif - Paf, se reunem veteranos do Pari, a maioria destes vete-

ranos torcem para o Verdão.

Em conversa com um legítimo alvi-verde o Professor e historiador Henrique Campi Neto solicitei que es-

crevesse algo como pariense e palmeirense que é, sobre o Centenário do Palestra .

Mais do que palavras o Henriquinho mandou-me uma folha manuscrita onde descreve os títulos do Periquito.

Vamos à homenagem do Prof. Henrique :Scan-140822-0001