HOJE É DIA DE SANTOS REIS
Jayme Antonio Ramos

Para as pessoas que nasceram após os anos 40, mais específicamente,
após a II Guerra Mundial, esta data está sendo cada vez menos come-
morada em especial nos grandes centros urbanos brasileiros.
Imitadores que somos , dos norte-americanos, deixamos de comemorar
esta festa tão singela do calendário cristão.
O meu pai contava que quando ele era criança , havia na região das
ruas Miller, Barão de Ladário, João Teodoro, um grupo que na Noite
de Reis , cantava e em algumas casas , eles eram convidados a
entrar e cantar e tocar algumas cantigas referentes à data, em fren-
te ao Presépio.
Claro, aquele grupo não era dispensado, sem antes tomarem um copinho
de vinho e comerem umas castanhas e umas rabanadas , para depois per-
correrem outras ruas, ao som de músicas portuguesas compostas há mui-
tos séculos. O meu pai se recordava da cantora do grupo que era uma
portuguesinha de nome Cândida , que veio a falecer há pouco tempo com mais de cem anos de idade.

Minha mãe se recorda vagamente de um grupo de portugueses a cantar na
casa de seu avô na rua Silva Telles, mas é uma tênue lembrança, ela e-
ra muito pequenina.
Portanto , pessoal o Dia de Reis não é apenas a véspera de desmanchar-
mos os enfeites das festas de fim de ano e no Pari essa festa já foi
muito comemorada em especial pela colônia lusitana .