Pular para o conteúdo principal

Prefeitura apresenta projeto “São Paulo Criativa” para a Zona Leste


Prefeitura apresenta projeto “São Paulo Criativa” para a Zona Leste

O plano irá oferecer cursos permanentes de software e hardware aos moradores de seis regiões escolhidas estrategicamente. Em outra etapa o projeto será ampliado para outras regiões.


Nesta quarta-feira (23), o prefeito Fernando Haddad anunciou a implantação do projeto “São Paulo Criativa”, uma parceria entre as secretarias municipais do Trabalho e Empreendedorismo (SEMTE), Educação, Subprefeituras e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de São Paulo (SENAC SP). O plano, que irá oferecer cursos permanentes de software e hardware aos moradores da Zona Leste, foi apresentado no CEU Azul da Cor do Mar (Itaquera)

“Nós iremos atender a juventude da região com um programa de formação que está em linha com o que existe de mais moderno no mundo numa área de economia criativa, que é fronteira do que está acontecendo hoje em termos produtivos e criativos”, afirmou Haddad.

O “São Paulo Criativa" irá beneficiar mais de 2 milhões de pessoas nas subprefeituras contempladas inicialmente: Cidade Tiradentes (CEU Inácio Monteiro), São Mateus (CEU Alto Alegre), Sapopemba (CEU Roda da China), Itaquera (CEU Azul da Cor do Mar), Guaianases (CEUs Jambeiro e Lajeado) e Itaim Paulista (sede da Subprefeitura).

Este é primeiro projeto apresentado pela SEMTE nesta gestão. Sua proposta é estimular o desenvolvimento de cadeias produtivas, primeiro na Zona Leste da cidade e depois nas demais regiões.

Serão oferecidas qualificações nas áreas de edição e impressão, informática, publicidade e propaganda, ligadas à economia criativa. Além disso, os participantes receberão apoio na gestão, organização e legalização de empresas na área para o desenvolvimento de cadeias produtivas criativas. Todas as atividades serão focadas na capacitação para o trabalho, empreendedorismo, inovação tecnológica e microcrédito.

Para o desenvolvimento do “São Paulo Criativa”, a SEMTE, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento Econômico, irá formular, coordenar e administrar o projeto, além de captar parcerias, cuidar do mobiliário, equipamentos pedagógicos, computadores e softwares. A Secretaria Municipal de Educação será responsável pelos CEUs e as subprefeituras serão responsáveis pela infraestrutura local, energia, água, segurança, seleção dos alunos e cadastramento de outras empresas que possam se interessar pelo projeto.

“Este é o nosso primeiro projeto estruturado com economia criativa na cidade de São Paulo. Um esforço do poder público em parceria com o SENAC e o apoio da Microsoft para que funcione essa cadeia produtiva”, destacou o secretário municipal do Trabalho e Empreendedorismo, Eliseu Gabriel, que ainda acrescentou: “Nós vemos muitos talentos que existem na cidade de São Paulo que acabam se perdendo pela falta de oportunidade. Por isso nós iremos oferecer esses cursos que são muito importantes para este setor”.

O convênio com o SENAC São Paulo prevê a capacitação dos alunos, com apoio pedagógico e certificação. Além disso, a instituição irá capacitar os empreendedores em relação a gestão, organização e desenvolvimento de empresas, sem ônus para o município. A previsão é que as matrículas sejam abertas no segundo semestre deste ano, quando os cursos estiverem estruturados.

Agência São Paulo de Desenvolvimento

Durante o ato, o prefeito Fernando Haddad também declarou sua intenção para a instalação de agências do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e da Caixa Econômica Federal para auxiliar os microempreendedores dentro das subprefeituras.

“Muitas vezes você tem a formação, mas não tem o crédito, ou apoio jurídico para formalizar regularizar o seu negócio. Então tudo isso será combinado na Agência São Paulo de Desenvolvimento”, declarou Haddad, que também destacou a concepção de multiuso dos espaços públicos: “Os equipamentos precisam ser usados de maneira integrada, pois assim você otimiza a utilização do espaço público, diminui custos e melhora a possibilidade de parcerias, como esta que está sendo feita hoje”.


FOTOS
Os arquivos ficarão disponíveis para download durante 1 mês. O crédito da foto deve ser Fábio Arantes/SECOM.
Foto 1 - Programa foi apresentado no CEU Azul da Cor do Mar, que também recebe atividades do “Recreio nas Férias”

Foto 2 - Plano irá oferecer cursos permanentes de software e hardware aos moradores da Zona Leste

Foto 3 - Haddad destacou importância de integrar serviços diferentes nos espaços públicos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aloha, Rotary!

Aloha, Rotary!
Conheça o verdadeiro espírito do aloha e do Rotary ao lado de familiares, amigos e outros rotarianos na cidade de Honolulu. Será o ambiente ideal para celebrarmos, colaborarmos e estreitarmos nossos laços de amizade, desfrutando do calor e da hospitalidade havaianos. A Convenção é uma das únicas oportunidades de reunirmos pessoas em ação do mundo inteiro para comemorar as conquistas do Rotary. Nossos oradores o motivarão ainda mais a se dedicar aos serviços humanitários e abordarão novas perspectivas relacionadas ao nosso trabalho global. Aproveite para rever velhos amigos, fazer novos contatos e explorar tudo o que o evento tem a oferecer. Você voltará para casa energizado e inspirado a continuar trabalhando pelo bem do próximo. Não perca a chance de compartilhar o seu aloha com toda a família rotária na nossa Convenção em Honolulu, de 6 a 10 de junho de 2020. Inscreva-se agora e economize Faça sua inscrição até 15 de dezembro pelo site riconvention.org para aproveitar o p…

Mercado de jogos de tabuleiro ganha espaço no Brasil

© Getty Images Empresas nacionais lançam títulos originais e também de outros países
Resumo:

O setor de jogos de tabuleiros modernos foi responsável por cerca de R$ 665 milhões do faturamento da indústria de brinquedos nacional;Em 2018, mais de 4.000 “boardgames” foram lançados no mundo todo;Conclave, Galápagos, Calamity Games, Papergames, Meeple BR e Bucaneiros são algumas das editoras brasileiras de jogos de tabuleiro;O Diversão Offline, evento dedicado ao hobby, recebeu 18 mil pessoas e movimentou R$ 2 milhões no mercado de jogos analógicos ao longo de seis edições.

Pizzaria & Esfiharia Pari

Faça sua escolha!!Esfihas a partir de R$ 5,00.Não perca tempo, aproveite, temos promoções válidas para todos os dias!!Atendimento salão e delivery
Terça a domingo das 17h às 23h45Tel.: 2339-4657 e 94599-9308
Avenida Carlos de Campos, 248 PariPEDIDOS E CARDÁPIO COMPLETO app baixado no Google play PIZZARIA E ESFIHARIA PARI ou site WWW.PIZZARIAEESFIHARIAPARI.COM.BR