Pessoal de  escritório da Estação Ferroviária do Pari, entre eles meu tio Agostinho.

A Estação do Pari, hoje desativada,  deu lugar  a uma feira de alimentos permanente e a famosa Feirinha da Madrugada. A citada estação tinha entradas pelas ruas São Caetano, Monsenhor Andrade e a principal , cujo portão vemos na foto, no Largo do Pary, que por incrível possa parecer está no Brás, no miolo da Zona Cerealista.

O Largo do Pary, também é conhecido como largo dos cocos, dada à grande quantidade de caminhões daquele produto que ficam ali, quase que dioturnamente comercializando.estacao-do-pariturnamente comercializando.