luzitanoEm seu estádio, a garotada de então do clube de mais torcida do bairro, o rubro-verde fundado por portugueses que moravam no Pari. Foto do Arquivo do Domingos Curci Sobrinho.