" O passado, quando com ele nos ocupamos...é presente!"

   Thais Rondon

 

 

 

 Afinal, você é brasileiro

Quando você viajar ao exterior conte um pouco sobre as leis
brasileiras ao seu amigo norte-americano ou europeu e até argentino.
Explique para ele assim:

Se você for com sua esposa, seus filhos, noras, genros, netos,
almoçar fora no domingo e tomar 1 ou 2 chopps, ou 1 ou 2 copos de
cerveja no almoço e for parado numa blitz, você paga uma multa de R$
1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o carro apreendido e vai
preso.

Se você comer 1, 2 ou 3 bombons de licor, tomar xarope para a tosse ou
tomar alguns comprimidos de homeopatia e for parado numa blitz, você
paga uma multa de R$ 1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o
carro apreendido e vai preso.

Se você fumar maconha, fumar crack, cheirar cocaína, tamar comprimidos
de extazy, tomar injeção de heroina ou ópio e for parado numa blitz,
nada vai acontecer.

Se você roubar, assaltar, estuprar, atropelar e até matar alguém, com
um bom advogado, o máximo que vai acontecer é você esperar o
julgamento em liberdade e se for condenado como réu primário, ir para
o regime semi-aberto. E se tiver bom comportamento só vai cumprir um
terço da pena.

Já se você roubar milhões de reais do povo ou dos cofres públicos,
várias coisas podem acontecer: vai se eleger deputado ou senador, vai
passar 15 dias num resort na Bahia em companhia da amante, vai ser
eleito presidente do Senado, vai ser nomeado ministro ou presidente de
uma agência controladora.

E mais um detalhe: se você tiver menos de 18 anos completos, aí você
pode beber e dirigir como quiser, roubar, assaltar, estuprar e matar à
vontade, que não tem problema algum. Você não pode ser preso porque é
criança.

Agora o melhor de tudo: se você tem uma arma em casa, comprada
regularmente depois de passar por todas as dificuldades da compra, com
todos os atestados, testes e documentos apresentados e tiver a
infelicidade de atirar em um bandido que entrou na sua casa para
roubar o que é seu, será preso por tentativa de homicídio e terá que
pagar indenização ao bandido por danos físicos e morais. Pior ainda se
o bandido for menor. Aí você está lascado mesmo. E se por acaso ele
estiver desarmado, aí é caso de tentativa de homicídio qualificado,
sem possibildade de defesa da vítima. Portanto cuidado: se um bandido
entrar na sua casa, antes de atirar pergunte educadamente o que ele
deseja, pergunte se ele está armado e pergunte se ele é menor.

Agora veja a cara do seu amigo estrangeiro. Ele está pensando se você
é gozador, mentiroso ou ignorante mesmo. Afinal você é brasileiro.