Publicidade

Ultimas noticias

terça-feira, 9 de abril de 2019

Mappin estará de volta com comércio eletrônico em 2019

Iniciativa da Marabraz traz de volta a icônica marca varejista

Mappin (Foto: Divulgação)
Lembra do Mappin? A rede de lojas que fez história no Brasil durante boa parte do século 20 estará de volta em breve, ao menos na internet. A Marabraz, que hoje é dona da marca, confirmou a informação a Época NEGÓCIOS por meio de sua assessoria de imprensa.

A volta deverá ocorrer no primeiro semestre do ano que vem, com a venda limitada a itens de cama, mesa e banho, além de decoração. Ainda não há a sinal de que a ideia possa evoluir para a volta das lojas físicas da marca.

De origem inglesa, o Mappin chegou ao Brasil em 1913, e foi um dos pioneiros do comércio varejista de grande escala. Atuando com lojas luxuosas nas primeiras décadas de existência, a rede depois passou a adotar apelo mais popular. A loja mais icônica era um grande prédio na Praça Ramos de Azevedo, no centro de São Paulo, onde está hoje uma loja da Casas Bahia.

Na década de 1990, a rede passou por grandes dificuldades financeiras e, em 1996, acabou vendida para o empresário Ricardo Mansur. Não adiantou, e o Mappin acabou falindo em 1999, sendo adquirido em um leilão judicial pela Marabraz dez anos depois.é

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Agora, a Prefeitura promete tapar todos os 38 mil buracos da cidade em 40 dias! E cria o “Mutirão dos Bairros”. Acredite!


Prefeitura de São Paulo anunciou na manhã desta 4ª feira (03/04/2019) que triplicou o orçamento para intervenções de zeladoria na capital em 2019.  Segundo o secretário de Governo, Mauro Ricardo, em 2019 os recursos para zeladoria foram triplicados de R$ 500 milhões para R$ 1,5 bilhão.
De acordo com Alexandre Modonezi, secretário de Subprefeituras, “serão feitos serviços de capinação, limpeza, pintura de guia, varrição, poda de árvore, limpeza mecanizada de córrego, limpeza de galeria, alinhamento de poço de visita, trocas de tampas de bueiro e as demais ações de zeladoria, como a operação tapa-buraco”, declara. “Conseguimos fazer a licitação de três usinas de asfalto. Isso possibilita que a cidade tenha mil toneladas de asfalto por dia. Com isso nós conseguiremos zerar o tapa-buraco na cidade”, disse.
Os buracos no ar pela Tv Globo === O telejornal SPTV 2ª edição/Rede Globo (apresentação Carlos Tramontina) mostrou nesta 4ª feira (03/04/2019) reportagem sobre buracos na cidade — um deles na Zona Sul, na Av. Vereador José Diniz. Segundo o telejornal, através do telefone 156 da Prefeitura de São Paulo foram registrados 38 mil reclamações de buracos na cidade. O Secretário Municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi, informou que a Prefeitura tem três usinas de asfalto, que produzem mil toneladas por dia. Disse ainda que agora vai tapar os buracos, “em 40 dias!”. Assista a reportagem na íntegra é só clicar aqui.
Mutirão nos Bairros ===  A ideia de cuidar das pessoas, além da cidade, gerou o programa “Mutirão nos Bairros”, que vai unir, semanalmente, os trabalhos de outras secretarias aos serviços de limpeza e conservação. “A cada sábado nós teremos intervenções dessa natureza concentrando serviços não só de zeladoria, mas de diversas outras secretarias”, destacou o secretário Mauro Ricardo.
“A Assistência Social estará participando com o CRAS Itinerante pra atender à local. A Cultura vai ter um ônibus no local. A Secretaria de Direitos Humanos deve levar a Unidade Móvel LGBTI e o ônibus lilás”, declarou Fátima Marques, secretária de Relações Sociais. “A Saúde vem com diversas ações. Inclusive com vacinação e orientações de doenças crônicas como hipertensão. Também teremos orientações de combate a dengue, chikungunya”, acrescenta.
Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento auxiliará com unidade itinerante do CATe e com Ade Sampa, com orientações para microempresas, e a Secretaria da Pessoa com Deficiência também terá tenda no local, para orientações aos munícipes das regiões.
São Mateus, na Zona Leste === O primeiro mutirão acontece no próximo sábado (06/04), na Praça Felisberto Fernandes da Silva, em São Mateus, Zona Leste. Durante o evento a Subprefeitura local juntar os trabalhos de requalificação por meio das ações de zeladoria, como capinação, limpeza, tapa buraco, pintura de guia, remoção de entulho e varrição, que já acontecem na região, com os trabalhos das demais secretarias do Mutirão nos Bairros.
Em São Mateus, a população também terá acesso aos serviços ofertados nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), com informações sobre programas de transferência de renda como o Bolsa Família, além de receberem orientações sobre outras políticas públicas de acordo com o perfil de cada um.
Quem está em busca de recolocação no mercado de trabalho poderá ser atendido pela equipe da unidade móvel do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Trabalho. Quem participar da ação também poderá emitir a primeira e segunda via da carteira de trabalho, orientações sobre o seguro desemprego e sobre o Microempreendedor Individual (MEI).
Secretaria Municipal de Direitos Humanos participa da ação por meio da Unidade Móvel de Cidadania LGBTI, que oferece atendimento às vítimas de violência, agressão ou de discriminação por causa do gênero ou orientação sexual. A iniciativa também contará com a participação do ônibus lilás, que presta atendimento a mulheres vítimas de violência. Uma tenda será montada no local, e os participantes poderão esclarecer suas dúvidas junto a Coordenação de Promoção da Igualdade Racial, Coordenação de Políticas para Imigrantes e Promoção do Trabalho Decente e a Coordenação de Políticas para Idosos. Técnicos do Núcleo de Direitos Humanos também farão atendimentos de ouvidoria.
No local a população também poderá receber a vacinação contra Febre Amarela, além de esclarecer dúvidas sobre outras vacinas. A pasta de Saúde também irá orientar os moradores locais sobre anti-ratização, combate às arboviroses, e prevenção da leptospirose.
O mutirão também contará com ações das Secretarias Municipais da Pessoa com DeficiênciaCultura, da COHAB e do SEBRAE.  Além da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (AMLURB), com parte dos trabalhos de zeladoria e limpeza, a Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP) também prestará atendimento, oferecendo termos de quitação, segunda via de contrato e renegociação de dívidas. << Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-SECOM/PMSP >>