Pular para o conteúdo principal

CÂMARA MUNICIPAL APROVA CRIAÇÃO DA PREFEITURA REGIONAL DO BRÁS/PARI



PREFEITURA REGIONAL DO BRÁS / PARI APROVADA EM SEGUNDA VOTAÇÃO -Uma antiga reivindicação dos moradores da região do Brás / Pari está prestes a se tornar realidade. Na noite de ontem, consegui aprovar em segunda votação meu projeto de lei (PL 473/2008) que cria a Prefeitura Regional do Brás / Pari e garante mais autonomia e independência para tratarmos de perto dos problemas de nossa região. O PL agora segue para sanção do prefeito Bruno Covas. 
Hoje, as ruas do bairro são a maior expressão de comércio popular da capital paulista. Só a importância comercial e o número de pessoas que circulam diariamente pela região, estima-se que sejam mais de 400 mil pessoas, já exige um olhar mais atento da administração pública.
Isso sem falar no ganho direto que teremos em agilidade dos serviços de zeladoria urbana, na revitalização urbana do bairro e em intervenções para melhoria de tráfego. E também há a proposta da criação de um posto Poupatempo na futura Prefeitura Regional, para facilitar ainda mais a vida da população.
Outro ponto importante que justifica a criação desta nova Prefeitura Regional é o desafogo que teremos na gestão da Mooca, atualmente responsável por seis distritos e mais de 300 mil habitantes e que encontra-se sobrecarregada em suas demandas.
Também não posso deixar de citar minha preocupação com o crescimento desorganizado do comércio popular de rua na região, além dos índices críticos de insegurança que tanto afligem os moradores. Para isso, será fundamental que tenhamos a mobilização necessária para sancioná-lo e assim conseguirmos identificar e debater de maneira profunda todos os nossos problemas.
E no que tange ao meu mandato parlamentar coloco-me, como sempre, à disposição para tornarmos novamente o Brás mais acessível e inclusivo para todos nós! Um bairro que respeita seus moradores e pensa sempre na segurança e no bem-estar de seu cidadão. Um bairro que não é conduzido, mas que conduz seus próprios rumos!
TIRA DÚVIDAS – Para que servem as Prefeituras Regionais?
Consideradas “pequenos municípios”, as agora denominadas Prefeituras Regionais (até 2016 eram chamadas de Subprefeituras) são unidades administrativas descentralizadas da prefeitura. Existem na cidade de São Paulo 32 delas, que realizam ações voltadas desde serviços a pequenas obras. Regidas pela lei nº 13. 999, de 1º de agosto de 2002, desde então, funcionam (ou deveriam) como o canal mais próximo e direto com a população local. Cada regional é administrada por um subprefeito, indicado pelo prefeito, responsável por gerenciar e controlar os assuntos municipais em âmbito local. A mais nova, com funcionamento a partir de 2013, é a Subprefeitura de Sapopemba, na zona leste, com capacidade para atender às demandas de até 500 pessoas, todos os dias.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Evolução - Part 2

Será que ainda estamos evoluindo ?

Paperback Stories - Somos a Evolução ?

Somos a Evolução ? Comente no Instagram

Samuel - Menino de Rua

Os caminhos da vida nos levam a destinos que muitas vezes não esperamos. As esquinas são cruéis. As noites e dias tornam-se cada vez mais difíceis de suportar. A explicação é única. Solidão. As ruas que dormimos nelas nos passam dores que ficam alojadas no corpo para toda a vida. Sou um menino de rua. Tornei-me um deles. Num dia desses, num passeio pelo centro de uma capital me perdi dos meus pais. Fique na multidão. Gritei. Chorei. Não adiantou. Fiquei só no mundo. Mesmo assim, não perdi, em momento algum, a vontade de vencer. Samuel se perde dos pais e vira menino de rua... É bem verdade, que mesmo só pelas ruas Direita, São Bento, XV de Novembro, e tantas outras, prédios antigos e modernos, não me fizeram perder meus sonhos. Captei a mensagem de que para vencer, basta lutar. Alguém me disse que aquilo que plantamos, colhemos. Dizem que é uma lei da natureza. Nua e crua. Então resolvi, que seria muito legal para mim, trabalhar. Juntar forças para conseguir alguma coisa melhor