Do livro " O velho lobo do bar " do saudoso amigo pariense Ítalo Ferroni Rocho,

extraímos mais um trecho , que não deixa de ser mais uma história de nosso querido bairro doce de São Paulo.