Pular para o conteúdo principal

Centro de SP tem apenas oito metros quadrados de verde por habitante

Deu hoje no SPTV 1ª Edição



Áreas menos arborizadas de SP ficam nas regiões mais pobres

Moema, na Zona Sul, tem 18 árvores em um quarteirão.
Em um quarteirão do Itaim Paulista, na Zona Leste, havia apenas 3 árvores.


A equipe da série Verdejando visitou alguns bairros de São Paulo e verificou que a distribuição desigual de vegetação coincide com a má distribuição de renda pelos bairros. As áreas com menos concentração de árvores estão nas regiões mais pobres, como o extremo da Zona Leste e o Centro.
Num quarteirão de Moema, bairro nobre da Zona Sul, é possível contar 18 árvores num mesmo quarteirão. No Itaim Paulista, um dos bairros mais pobres de São Paulo, na Zona Leste, a reportagem contou três árvores num quadrilátero.
Além da arborização das ruas, um bairro como Moema tem mais uma característica importante: praças. "Quando tem pracinha, então, muito mais valorizado e o preço dobra praticamente. É muito valorizado”, afirma a presidente da Associação dos Amigos de Moema, Rosângela Lurbe.
No Itaim Paulista, as poucas praças e locais verdes que existem estão abandonados. “Periferia não tem árvore. Foi crescendo, crescendo. Nunca ninguém se preocupou com isso, nem vai se preocupar, porque não é um lugar para ser bonito. É um lugar pra dormir e pronto”, diz o vigilante Rosinaldo Xavier dos Santos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jornal do Brás - 30 anos

Ilustração extraída dos Wilson Studios

Já em franca evidência, o comércio do Brás, Pari, 25 de Março, Bom Retiro, Mooca, Belém e Tatuapé, está de prateleiras lotadas dos milhões de produtos de alta qualidade, à disposição do Turismo de Compras. Só o Brás deverá registrar 2 milhões de pessoas em novembro, passando para 3 e 4 milhões no auge das festividades natalinas.
Segurança
Várias empresas do bairro Brás/Pari já estão adotando até drones para oferecer maior segurança ao Turismo de Compras que deverá atrair mais de 3 milhões de pessoas por dia na região. Além de tudo, a segurança aos compradores será indumentada pelas mais de 200 câmeras de segurança monitoradas pela CET.
Jornal da Propagação Responsável pela divulgação da marcha brasense, o popular Jornal do Brás reduziu os custos de sua tabela, em comemoração aos seus 30 anos dia 20 de outubro. 91.000 temporários De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), espera-se a contratação de 91.000 trab…

Região agiliza vendas de Natal

Já em franca evidência, o comércio do Brás, Pari, 25 de Março, Bom Retiro, Mooca, Belém e Tatuapé, está de prateleiras lotadas dos milhões de produtos de alta qualidade, à disposição do Turismo de Compras. Só o Brás deverá registrar 2 milhões de pessoas em novembro, passando para 3 e 4 milhões no auge das festividades natalinas.
Segurança Várias empresas do bairro Brás/Pari já estão adotando até drones para oferecer maior segurança ao Turismo de Compras que deverá atrair mais de 3 milhões de pessoas por dia na região. Além de tudo, a segurança aos compradores será indumentada pelas mais de 200 câmeras de segurança monitoradas pela CET.
Jornal da Propagação Responsável pela divulgação da marcha brasense, o popular Jornal do Brás reduziu os custos de sua tabela, em comemoração aos seus 30 anos dia 20 de outubro. 91.000 temporários De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), espera-se a contratação de 91.000 trabalhadores temporários para atender …

Super Recomendo - Mapa do Pari

Mapa das Redondezas do Pari do Super - Recomendo







Veja mais no Instagram do Super Recomendo