Extraímos do site da Biblioteca Nacional , com a colaboração de Don Doble E,

uma entrevista feita pelo repórter do Correio Paulistano com uma pessoa de

codinome sr. Th e publicada em maio de 1863.

Antes de postarmos um trecho de tal entrevista , onde não se fala lá muito

bem do Pary, pois o  restante da citada entrevista, cremos não deva ser do inte-

resse do pariense amigo, vamos fazer algumas elucidações, talvez necessárias.

Nesse trecho de entrevista temos a palavra carramanchão que hoje falamos ca-

ramanchão que é uma construção rápida de ripas ou canas ou estacas, cobertas

geralmente por arbustos ou trepadeiras.

Pacotilha, um artigo mal acabado, grosseiro.

Delícias de Cápua, novamente recorremos ao Aurélio , ao Google e à Wikipedia

e nos referimos à atitude de quem com a vitória  próxima, se entrega à moleza e a perde.

E por que Cápua?

Porque durante a II Guerra Púnica, Aníbal passou o Inverno nessa cidade, com toda a comodidade, quando Roma estava entregue, ao alcance de sua espada e

nesse local interrompe sua fulminante campanha.

Comitante caterva- pessoal que os acompanha.

Foliculários - panfletista , escritores de pasquins.

Vamos a um trecho da entrevista :

pacotilha