Pular para o conteúdo principal

Fwd: [Novo artigo] Conexão Repórter – 20/06/2013 – “Os Porões Do Futebol 2″



---------- Mensagem encaminhada ----------
De: "Conseg dos Bairros do Pari/Brás/Ponte Pequena/Canindé" <comment-reply@wordpress.com>
Data: 22 de junho de 2013 14:55
Assunto: [Novo artigo] Conexão Repórter – 20/06/2013 – "Os Porões Do Futebol 2″
Para: falecom@bairrodopari.com


consegpari posted: "http://www.youtube.com/watch?v=bGaNqytbzjM Assista é surpreendente. Ótima reportagem do Roberto Cabrini. Além de mostrar um excelente trabalho do Dr. Eder e equipe do 12ºDP."
Respond to this post by replying above this line

New post on Conseg dos Bairros do Pari/Brás/Ponte Pequena/Canindé

Conexão Repórter – 20/06/2013 – "Os Porões Do Futebol 2″

by consegpari

Assista é surpreendente. Ótima reportagem do Roberto Cabrini. Além de mostrar um excelente trabalho do Dr. Eder e equipe do 12ºDP.

consegpari | 22/06/2013 às 14:55 | Categorias: Segurança Pública | URL: http://wp.me/pz5Bc-ny

Comentário    See all comments    Gosto

Cancele a sua subscrição ou altere as suas configurações de email em Gerir as Subscrições.

Trouble clicking? Copy and paste this URL into your browser:
http://consegpari.wordpress.com/2013/06/22/conexao-reporter-20062013-os-poroes-do-futebol-2/

Obrigado por voar com WordPress.com




--
Bairro do Pari
http://www.bairrodopari.com
Tel.: 7335-9500

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Evolução - Part 2

Será que ainda estamos evoluindo ?

Paperback Stories - Somos a Evolução ?

Somos a Evolução ? Comente no Instagram

Samuel - Menino de Rua

Os caminhos da vida nos levam a destinos que muitas vezes não esperamos. As esquinas são cruéis. As noites e dias tornam-se cada vez mais difíceis de suportar. A explicação é única. Solidão. As ruas que dormimos nelas nos passam dores que ficam alojadas no corpo para toda a vida. Sou um menino de rua. Tornei-me um deles. Num dia desses, num passeio pelo centro de uma capital me perdi dos meus pais. Fique na multidão. Gritei. Chorei. Não adiantou. Fiquei só no mundo. Mesmo assim, não perdi, em momento algum, a vontade de vencer. Samuel se perde dos pais e vira menino de rua... É bem verdade, que mesmo só pelas ruas Direita, São Bento, XV de Novembro, e tantas outras, prédios antigos e modernos, não me fizeram perder meus sonhos. Captei a mensagem de que para vencer, basta lutar. Alguém me disse que aquilo que plantamos, colhemos. Dizem que é uma lei da natureza. Nua e crua. Então resolvi, que seria muito legal para mim, trabalhar. Juntar forças para conseguir alguma coisa melhor