Pensando um pouco...

 - Certa vez li que todos nós, sem exceção, vestimos uma máscara – nunca nos mostramos abertamente – somos sempre quem não somos  – representamos tanto que, às vezes, nem nós mesmos nos reconhecemos, perdemos nossa identidade e personalidade.
- Será que eu tenho que ser assim ou será que a verdade, a realidade e a sinceridade são tão feias? Será que tenho vergonha de mim mesmo ou quero ser mais do que sou?
- Talvez e por ai deduzisse que não sou capaz nem de me assumir e nem de me constituir da maneira como gostaria.
- Não noto que a minha deslealdade e falsidade e as mentiras dominam absolutamente ou quase tudo.
-  Não sei o que sou? Ou o que queria que os outros pensassem que eu fosse? Ou o que os outros acham? Ou será que sou o que realmente sou? Quem sou mesmo?